Atualizado em 29.09.2011

Negócios | Celulose | Unidade Aracruz

Localizada em Barra do Riacho, no Espírito Santo, a 70 km de Vitória, a Unidade Aracruz é composta por três linhas de fibra (Fábricas A, B e C) , cuja capacidade anual total é de 2,3 milhões de toneladas de celulose branqueada.

Distante apenas 1,8 km da Unidade, está localizado o Portocel, terminal privativo especializado em produtos florestais, inaugurado em 1978 e que pertence à Fibria (51%) e Cenibra (49%).

A Unidade Aracruz é autossuficiente em energia elétrica: produz 170MWh, que equivalem ao consumo residencial de uma cidade de 600 mil habitantes.

Os principais equipamentos que compõem o processo de produção da celulose são:

  • 2 linhas de descascamento
  • 3 caldeiras de recuperação
  • 8 picadores
  • 3 digestores
  • 4 linhas de deslignificação com oxigênio
  • 5 linhas de branqueamento
  • 5 secadores
  • 7 linhas de enfardamento
  • 1 planta química para geração de dióxido de cloro e dióxido de enxofre.

A Unidade opera dentro de rígidos padrões de controle ambiental com constantes investimentos em programas e tecnologias para o monitoramento das emissões, da qualidade do ar e da água e a correta disposição de resíduos.

Destaques

  • Portocel: terminal privativo especializado em produtos florestais, inaugurado em 1978 e operado pela Fibria (51%) e Cenibra.
  • Um terminal com três berços de atracação de barcaças que desembarcam madeira e celulose produzidas na Bahia.
  • Um terminal com três berços para navios que embarcam cerca de 5,7 milhões de toneladas de celulose por ano.