Atualizado em 10.01.2012

Institucional | Tecnologia

Tecnologia da floresta aos processos e produtos

O desenvolvimento tecnológico é um dos fatores que contribuem para a liderança da Fibria no mercado de celulose de eucalipto, garantindo alta produtividade dos plantios e qualidade superior da celulose produzida.

Nosso Centro de Tecnologia da Fibria (CT) busca a excelência operacional, a satisfação dos clientes e a antecipação das exigências do mercado, sob a ótica da inovação, do desenvolvimento sustentável e do atendimento das exigências legais.

O CT realiza estudos em todas as áreas de atividade da empresa, desde os viveiros de produção de mudas até os produtos finais, abrangendo importantes áreas do conhecimento.

O resultado é a geração de novas tecnologias a serem utilizadas pela empresa em suas atividades florestais e industriais, que adicionam valor ao negócio da companhia.

A cada ano diversos projetos de pesquisa são conduzidos a fim de aprimorar seus processos e os seus resultados, sempre em sintonia com a conservação ambiental.

As pesquisas envolvem áreas como melhoramento genético e genômica, controle de pragas e doenças, silvicultura e manejo florestal, fisiologia vegetal e propagação de plantas, sustentabilidade ambiental, qualidade da madeira, processo e produto, além de estudos que visam o atendimento das demandas de clientes estratégicos.

Engenharia Genética

A Fibria acredita que a engenharia genética de espécies florestais trará benefícios à sociedade. A empresa fundamenta suas decisões sobre a pesquisa com eucalipto geneticamente modificado na legislação vigente, conhecimentos científicos e demandas de seus stakeholders, por meio da contínua avaliação dos impactos e ganhos econômicos, ambientais e sociais decorrentes da aplicação desta tecnologia, e do cumprimento de todos os procedimentos técnico-científicos necessários à eliminação dos potenciais riscos associados.

Projetos de inovação recentes

Os projetos de inovação desenvolvidos pela Fibria buscam proporcionar ganhos em excelência operacional, ambiental e social, alinhados à nossa estratégia de sustentabilidade. Entre as principais ações voltadas ao desenvolvimento tecnológico destacam-se:

Novos clones

  • Desenvolvimento de novos clones superiores, com importantes aumentos em produtividade, medida em toneladas de celulose por hectare por ano (IMA Cel).

Proteção florestal

  • Desenvolvimento de novas tecnologias e uso de herbicida inteligente, que aumenta o tempo de controle e reduz os custos operacionais, além de diminuir os impactos de seu uso sobre o ambiente.
  • Implementação de plano estratégico para o manejo do "percevejo bronzeado do eucalipto", nova praga com elevado potencial de dano.
  • Treinamentos de equipes, testes de controle químico e biológico e estudos para a introdução de inimigos naturais das pragas que atingem os plantios de eucalipto.
  • Estudo de novas tecnologias de monitoramento e controle de incêndios florestais, com uso de imagens de satélite e o desenvolvimento de um novo sistema para o combate inicial.

Tecnologias de sustentabilidade ambiental

  • Implantação do “BioIndex Fibria”, importante ferramenta de gerenciamento ambiental, baseada em indicadores que auxiliam na avaliação do manejo florestal para a manutenção ou melhoria da biodiversidade nas áreas de atuação da empresa. O cálculo de diversidade está baseado em métricas da paisagem que procura contemplar as diferentes variáveis que compõem o ambiente formado por plantios de eucalipto e áreas naturais. Nos plantios, a variação de materiais genéticos plantados, variação de idades e excedente hídrico. Nas áreas naturais, a variação de tipos existentes, porcentagem em relação área total, métrica de bordas, proximidade, área nuclear e o valor de conservação dessas áreas.

Tecnologias de processos

  • Mapeamento do “Carbon Footprint” e otimização de tecnologias de cozimento e branqueamento.
  • Investimentos em processos que permitam aumento de rendimentos das matérias-primas utilizadas e redução dos custos operacionais.

Desenvolvimento de produtos

  • Estudos de novas aplicações para a celulose e investigação de outros tipos de produtos oriundos dos nossos processos.
  • Estudos sobre alternativas de modificação da celulose por meio de processos ambientalmente amigáveis.

Prospecção tecnológica

  • Avanço nos conhecimentos básicos e aplicados em biocombustíveis e biomassa energética, a partir do eucalipto e outras culturas.