Contatos das Assessorias de Imprensa

Fleishman HillardNacional
Andrea Donadio
Tel.: (11) 3185 9934
Daniele Camba
Tel.: (11) 3185 9939
Cel.: (11) 95500 5651
Célia Nogueira
Tel.: (11) 3185 9923
Cel.: (11) 98999 0069
Pauta 6 ComunicaçãoES e BA
Rogéria Gomes
Tel.: (27) 3235 6996
Performa ComunicaçãoInterior de SP
Luciana Navarro
Tel.: (67) 3522 9838
(12) 99679 8423
Fernanda Turco
Tel.: (12) 98158 4205
Performa ComunicaçãoMS
Luciana Navarro
Tel.: (67) 9803 7092
Laila Rebecca
Tel.: (12) 99679 8331
(67) 3522 9838
Fernanda Turco
Tel.: (12) 98158 4205

Atualizado em 24.11.2015

MídiaReleases

24 de novembro de 2015 - Fibria lança website para orientar produtores rurais interessados no cultivo de eucalipto

O portal www.poupancaflorestal.com.br entra no ar na quarta-feira (25) como parte da celebração dos 25 anos do Programa Poupança Florestal

Aracruz (ES) – A Fibria lança nesta quarta-feira (25/11) o portal do Programa Poupança Florestal, um site desenvolvido para levar informações a todos os produtores rurais que estejam interessados no cultivo de eucalipto. O lançamento será durante evento de comemoração dos 25 anos do programa, a ser realizado no Cerimonial Steffen, Serra (ES). Pelo site www.poupancaflorestal.com.br, produtores que já são parceiros da empresa no cultivo de eucalipto e outros que tenham interesse no tema poderão ter acesso a dicas técnicas, orientações sobre cultivo, legislação ambiental e sobre o funcionamento do programa.

Com essa ferramenta, a Fibria busca estreitar o relacionamento com os produtores rurais. “O portal vai facilitar o acesso à informação por parte do produtor que tenha interesse na cultura do eucalipto. A expectativa é que o site funcione também como um portal de conhecimento sobre silvicultura. Postaremos vídeos, publicações, dicas e informações atualizadas sobre essa atividade tão importante para o agronegócio brasileiro”, disse Carlos Nassur, gerente geral florestal da Fibria no Espírito Santo, Bahia e Minas Gerais.

O evento de comemoração dos 25 anos do Poupança Florestal, que marca o lançamento do portal, vai reunir cerca 800 produtores do Espírito Santo e do sul da Bahia. Eles serão recebidos pela Diretoria e por gestores da Fibria, e conhecerão as novas ferramentas de comunicação do programa. Além do site, também será lançada a publicação Cultivar, o jornal de quem planta eucalipto e colhe oportunidades. Com circulação trimestral, o jornal levará informações de interesse dos produtores rurais parceiros da empresa, incluindo histórias de sucesso e boas práticas de cultivo.

 

Parceria forte – Ao completar 25 anos, o Programa Poupança Florestal firma-se cada vez mais como sólida parceria entre a Fibria e os agricultores, contando com mais de 1.580 produtores de eucalipto parceiros no Espírito Santo, Bahia e Minas Gerais. O Poupança Florestal busca incluir o produtor rural no negócio florestal, segundo observa Ézio Tadeu Lopes, gerente de Poupança Florestal e Novos Negócios da Fibria. “Pelo programa de parceria, a Fibria e o produtor assinam um acordo, por meio do qual a empresa financia a produção florestal, com mudas, assistência técnica e os insumos necessários ao cultivo. O produtor entra com o manejo das plantações. O financiamento é por equivalência em madeira e o pagamento é feito somente no momento da colheita”, explica ele.

O ciclo de cultivo leva em torno de sete anos e, quando colhida, a madeira é vendida para a Fibria a um preço que foi previamente estabelecido e corrigido ao longo do ciclo. Esse é um dos diferenciais do programa, já que o produtor sabe exatamente quanto vai receber ao entregar a madeira, situação que não é muito comum no agronegócio, cujos preços dos produtos oscilam muito em função do mercado.

Ézio destaca que o plantio de eucalipto nas propriedades não tem o objetivo de competir ou substituir outras culturas. Busca, sim, agregar valor à propriedade rural, oferecendo mais uma opção de renda para o produtor. Várias propriedades fazem o plantio consorciado do eucalipto com frutas, café e hortaliças, por exemplo.

 

Rentabilidade

O cultivo de eucalipto vem se firmando como uma boa opção de atividade rural. Estudos do Centro de Desenvolvimento do Agronegócio (Cedagro), organização capixaba cujo objetivo é a promoção e o fortalecimento do agronegócio, apontam que o eucalipto é mais rentável que a pecuária (de leite e de corte) e do que o café arábica. Produzir madeira, portanto, vem se revelando um bom negócio para o produtor rural.

“O Programa Poupança Florestal também tem forte apelo ambiental. Para participar dele, os produtores precisam estar em dia com a legislação, mantendo áreas de reserva legal e de preservação permanente em suas propriedades, conforme define o Código Florestal”, observa Ézio Tadeu Lopes. O produtor tem a opção e receber da Fibria, em mudas de espécies nativas, o equivalente a 3,5% do que recebe em mudas de eucalipto, podendo usá-las na recomposição de áreas na propriedade.

O Programa Poupança Florestal vem contribuindo para mudar a realidade no campo. No Espírito Santo, ele está presente em 68 dos 78 municípios do Estado e, em algumas propriedades, é tão importante quanto o cultivo de café, pimenta-do-reino, pecuária e outras atividades.

 

<< VOLTAR