Fibria News

Contatos das Assessorias de Imprensa

Fleishman HillardNacional
Andrea Donadio
Tel.: (11) 3185 9934
Daniele Camba
Tel.: (11) 3185 9939
Célia Nogueira
Tel.: (11) 3185 9923
Pauta 6 ComunicaçãoES e BA
Rogéria Gomes
Tel.: (27) 3235 6996
Performa ComunicaçãoInterior de SP
Luciana Navarro
Tel.: (67) 3522 9838
(12) 99679 8423
Fernanda Turco
Tel.: (12) 98158 4205
Performa ComunicaçãoMS
Luciana Navarro
Tel.: (67) 9803 7092
Laila Rebecca
Tel.: (12) 99679 8331
(67) 3522 9838
Fernanda Turco
Tel.: (12) 98158 4205

Atualizado em 09.01.2017

MídiaReleases

9 de janeiro de 2017 - Ave com coloração rara e animais da fauna regional são flagrados por trabalhadores em fazendas da Fibria em Três Lagoas (MS)

ave2

Somente em 2016 foram recebidos 63 registros fotográficos de animais feitos pelos profissionais durante a rotina de trabalho

Três Lagoas – Com uma base florestal de 372 mil hectares dos quais cerca de 105 mil são de áreas destinadas à conservação ambiental, a Fibria busca aplicar as melhores práticas de manejo do eucalipto garantindo assim uma produtividade sustentável. Evidências do bom manejo têm sido registradas pelos profissionais da empresa durante a rotina de trabalho que tem avistado animais convivendo de forma harmoniosa em meio às fazendas da empresa. Um exemplo é o recente avistamento de um periquito-estrela com uma coloração rara.

 

ave1Por meio do monitoramento da biodiversidade, realizado em meio às áreas da Fibria, nos últimos oito anos foram registradas 688 espécies de animais. Desse total, 368 foram de aves. O número chama a atenção devido as aves serem importantes agentes para o equilíbrio ecológico e indicadoras da qualidade do ambiente. “Os registros evidenciam que durante toda a fase de formação dos plantios há a presença constante de pássaros nas nossas áreas florestais. A colheita em mosaicos, ou seja, dividida em blocos, é uma das práticas do manejo sustentável da Fibria que beneficia a fauna servindo de área de trânsito, conectando fragmentos de vegetação nativa. Dessa forma, as florestas plantadas em diferentes idades auxiliam na manutenção de um ambiente propício para a biodiversidade local”, diz Renato Cipriano Rocha, coordenador de Meio Ambiente florestal.

 

O periquito-de-encontro-amarelo (Brotogeris chiriri), ou periquito-estrela, foi “flagrado” em uma fazenda na região de Três Lagoas (MS), pelo coordenador de Recursos de Campo do Centro de Tecnologia, Ailton Carlos da Silva. A espécie habita campos com vegetação baixa, matas ciliares, cerrado, cerradão e se adapta bem às florestas plantadas.

 

ave3O pássaro se destaca devido a uma mutação natural chamada de Luteinismo, que representa a ausência total da melanina com a presença de pigmentos carotenoides, ou seja, uma pigmentação amarela. Além da coloração das penas a presença de olhos vermelhos confere uma beleza exótica ao exemplar dessa espécie.

De acordo com o coordenador da Fibria, somente em 2016 foram recebidos 63 registros fotográficos de animais feitos pelos profissionais durante a rotina de trabalho. Dentre eles, espécies classificadas como “vulnerável” pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), como o tatu canastra, cervo do pantanal, anta e a onça-parda.

 

“A biodiversidade existente nas áreas florestais da Fibria é alvo de estudos e monitoramentos constantes que buscam conhecer e proteger as espécies. E a presença desses animais comprovam que estamos no caminho certo do desenvolvimento sustentável”, diz Renato Rocha.

 

Curiosidades 

O periquito-estrela alimenta-se de frutos, sementes, flores e néctar. Costuma botar cerca de cinco ovos brancos com dimensões de 23 por 19 milímetros. Essa espécie, a fêmea conclui a incubação, porém, após o nascimento dos filhotes, o casal que cuida da ninhada.

 

 

Informações à Imprensa

Performa Comunicação

Luciana Navarro | luciana.navarro@performa.com.br | 12 99679 8423 | 67 3522 9838

Laila Rebecca | laila.rebecca@performa.com.br | 12 99679 8331 | 67 3522 9838

Fernanda Turco | fturco@performa.com.br | 12 98158 4205

 

 

<< VOLTAR