Institucional

Sobre a Fibria

Empresa brasileira de base florestal, a Fibria é a maior produtora mundial de celulose de eucalipto. Mais que liderar, a companhia busca inspirar. Para a Fibria, as organizações devem ser parte da construção de soluções transformacionais para uma sociedade mais justa e sustentável. E é por isso que a empresa cultiva a floresta plantada como fonte de vida, geração de riqueza compartilhada e bem-estar das pessoas.

Com mais de 18.300 empregados próprios e terceiros permanentes, em cinco países, a Fibria possui capacidade produtiva de 7,25 milhões de toneladas anuais de celulose. Suas fábricas estão localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP), Três Lagoas (MS) e Eunápolis (Bahia), onde mantém a Veracel em joint-operation com a Stora Enso. Além disso, opera em Barra do Riacho, município de Aracruz, em sociedade com a Cenibra, o Portocel, único porto brasileiro especializado em embarque de celulose, capaz de movimentar 7,5 milhões de toneladas anuais. A celulose da Fibria é exportada para 35 países.

Suas atividades florestais são baseadas em plantios renováveis e abrangem 1,092 milhão de hectares, dos quais 374 mil se destinam à preservação e conservação ambiental, 656 mil hectares ao plantio de florestas de eucalipto e 61 mil hectares destinados a outros usos.

No Canadá, mantém o centro de pesquisa Fibria Innovations, que desenvolve estudos para a aplicação da lignina, e tem participação de 8,3% na CelluForce, líder mundial na produção de celulose nanocristalina.

Nos Estados Unidos, investe em combustíveis renováveis a partir de biomassa, em parceria com a Ensyn Corporation, na qual tem 12,1% de participação.

Na Finlândia, a startup Spinnova, na qual a Fibria tem 18% de participação, desenvolve tecnologias ambientalmente sustentáveis a partir de fibras de madeira para a produção de fios e filamentos que podem substituir o algodão, a viscose e outras matérias-primas da indústria têxtil.

No Brasil, a Fibria mantém projetos sociais em 261 municípios e trabalha para ampliar o diálogo e a criação de valor para as comunidades envolvidas em suas operações. Mesmo em momentos adversos da economia brasileira, a companhia continua investindo no país e em seu desenvolvimento, respeitando as pessoas e o meio ambiente.

Inspiração

Inspiração

As empresas devem ser parte da construção de soluções transformacionais para uma sociedade mais justa e sustentável.


Propósito

Propósito

Cultivar a floresta plantada como fonte de vida, geração de riqueza compartilhada e bem-estar das pessoas.

Crenças de Gestão

Crenças de Gestão

  • Aliança

    O sucesso da Fibria é fruto da construção conjunta, fortalecido por relações e alianças genuínas nas quais todos ganham.

  • Diálogo Aberto

    Um ambiente de confiança se constrói com a permanente prática do diálogo aberto e da valorização da diversidade para criar as melhores soluções.

  • Excelência

    É possível fazer mais e melhor, inovar e superar desafios, transformando erros em aprendizados, com disciplina, humildade e simplicidade.

  • Potencial Humano

    As pessoas são únicas e desenvolvem seu potencial quando a empresa investe tempo, cultiva seu talento, valoriza suas entregas e reconhece seu mérito.

  • Pragmatismo

    O bom resultado é produto da dedicação ao que é relevante, a partir de uma visão sistêmica e de futuro.

  • Senso de Dono

    Valorizamos quem cuida dos assuntos da empresa como se fossem seus, atua de forma responsável e com paixão, lidera pelo exemplo e comemora as conquistas.

Nossa Marca

O nome e o símbolo da Fibria remetem à essência do negócio da companhia. Fibria, do latim fibris, é a fibra da madeira e da celulose que, no caso da companhia, provém de plantios renováveis.

logo

A logomarca é uma folha verde que, em suas três partes, representa a clorofila, as florestas e a natureza, de onde vêm a vida, a renovação e a esperança no futuro.


Nossa História

A Fibria nasceu em setembro de 2009, quando a Votorantim Celulose e Papel (VCP) adquiriu a Aracruz e, já na origem, emergiu como líder global na produção de celulose de eucalipto. Participam da companhia o BNDESpar (29,08%) e o Grupo Votorantim (29,42%), com as demais ações (41,35%) negociadas no mercado.

Mas a história da Fibria, de fato, começou bem antes, em 1967, quando foi criada a Aracruz Florestal, no Espírito Santo. No ano seguinte surgiu a Aracruz Celulose. Daí em diante foi construída uma história de pioneirismo e conquistas sem precedentes no setor. Siga a linha do tempo e veja como a empresa se consolidou na liderança mundial do setor, o que dá muito orgulho ao Brasil.

1967

1967
1967

Nasce a Aracruz Florestal, no Espírito Santo, e se iniciam os plantios de eucalipto.


1968

Fundação da Aracruz Celulose.

1968
1968
1978

1978
1978

Início de operação da primeira unidade industrial da Aracruz, no Espírito Santo.


1985

Inauguração do Portocel, único porto no Brasil especializado no embarque de celulose, no Espírito Santo.

1985
1985
1988

1988
1988

Grupo Votorantim adquire um projeto no segmento de papel e celulose em São Paulo. Fundação da VCP.


1992

VCP adquire a Unidade Jacareí da Papel Simão.

1992
1992
1997

1997
1997

VCP passa a operar com terminal exclusivo no Porto de Santos.


2000

Ações da VCP começam a ser negociadas na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

2000
2000
2000

2000
2000

Aracruz ingressa no controle acionário da Veracel.


2000

Aracruz assina o Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU).

2000
2000
2001

2001
2001

VCP adquire 28% do capital da Aracruz Celulose.


2003

Início da operação do Terminal Marítimo de Caravelas (BA), que transporta madeira do sul da Bahia para a fábrica de Aracruz (ES), via Portocel.

2003
2003
2005

2005
2005

Partida da Veracel Celulose, joint venture da Aracruz com a Stora Enso, na Bahia.


2005

Aracruz figura no Índice Dow Jones de Sustentabilidade.

2005
2005
2005

2005
2005

Os papéis da VCP passam a integrar o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da Bovespa.


2006

VCP anuncia troca de ativos com a International Paper e assume o Projeto Horizonte, em Mato Grosso do Sul.

2006
2006
2008

2008
2008

VCP assina o Pacto Global da ONU e figura no Índice Dow Jones de Sustentabilidade.


2008

VCP e Suzano criam a Conpacel (Consórcio Paulista de Papel e Celulose).

2008
2008
2009

2009
2009

VCP conclui as negociações para incorporação da Aracruz.


2009

Iniciada a operação da fábrica de Três Lagoas (MS), com capacidade produtiva de 1,3 milhão de toneladas/ano de celulose.

2009
2009
2009

2009
2009

Nasce a Fibria, líder mundial em celulose de mercado, resultado da incorporação da Aracruz pela VCP.


2009

Fibria é incluída, já no seu primeiro ano, no Guia Exame de Sustentabilidade, que elenca as empresas mais sustentáveis do país.

2009
2009
2010

2010
2010

Fibria entra no Novo Mercado da BM&FBovespa (atual B3).


2010

Fibria integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa (atual B3).

2010
2010
2011

2011
2011

Conclusão da venda dos ativos do Consórcio Paulista de Papel e Celulose (Conpacel) e da KSR para a Suzano Papel e Celulose.


2011

Venda da Unidade Piracicaba à Oji Paper.

2011
2011
2012

2012
2012

Fibria compra 6% da empresa norte-americana Ensyn Energy Corporation, que produz óleo combustível de matriz renovável (bio-óleo). Atualmente, a Fibria detém 12,6% de participação na empresa.


2012

Fibria é selecionada, pela primeira vez, para o Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI World), que aponta as melhores empresas em sustentabilidade corporativa.

2012
2012
2015

2015
2015

Fibria anuncia a construção de nova linha de produção de celulose na unidade de Três Lagoas (MS), o Projeto Horizonte 2.


2015

Fibria adquire a empresa canadense Lignol, hoje Fibria Innovations, e amplia seu banco de patentes de processos e produtos relacionados à lignina.

2015
2015
2016

2016
2016

Fibria fecha parceria com a Universidade do Maine e a empresa GL&V, ambas nos Estados Unidos, para pesquisa e testes de aplicação de nanocelulose fibrilar (CNF).


2016

Fibria adquire 8,3% da empresa canadense CelluForce, líder mundial na produção de nanocelulose cristalina (CNC).

2016
2016
2017

2017
2017

Fibria compra 18% da empresa Spinnova, startup finlandesa que desenvolve tecnologias sustentáveis a partir de fibras de madeira para a produção de matérias-primas para a indústria têxtil.


2017

Fibria inicia as operações da segunda fábrica em Três Lagoas (MS) e se consolida na liderança mundial no mercado de celulose.

2017
2017
2017

2017
2017

Fibria inaugura em Três Lagoas (MS) o primeiro viveiro automatizado de mudas de eucalipto do mundo.


2017

Inauguração do Terminal Intermodal em Aparecida do Taboado (MS), para transportar a celulose produzida na segunda linha de produção de Três Lagoas para o Porto de Santos (SP).

2017
2017
2017

2017
2017

Inauguração da planta-piloto de celulose microfibrilar em Aracruz (ES).


2018

Celebração dos 40 anos de Portocel e conclusão de um projeto de modernização, com melhorias em infraestrutura para tornar o porto ainda mais competitivo.

2018
2018
2018

2018
2018

Início das operações do Terminal de Celulose, conhecido como T32, na margem direita do Porto de Santos.

Você também pode se interessar por estes assuntos