Fibria adota piloto automático no preparo do solo da silvicultura e aumenta produtividade em Três Lagoas (MS) – Fibria

Fibria adota piloto automático no preparo do solo da silvicultura e aumenta produtividade em Três Lagoas (MS)

Utilização de tecnologia gera 3,5% a mais de produtividade e benefícios em todas as atividades do ciclo de cultivo

Três Lagoas, 29 de novembro de 2018 – A Fibria, líder mundial na produção de celulose de eucalipto a partir de florestas plantadas, desenvolve o Projeto Floresta Inteligente, que incorporou uma série de tecnologias ao seu processo produtivo. Em Três Lagoas (MS), uma das iniciativas bem-sucedidas é a utilização de piloto automático para preparo de solo na silvicultura, que garantiu 3,5% de aumento na produtividade.

“Seguindo a vocação de inovação e investimento em tecnologia da Fibria, a adoção do piloto automático trouxe ganhos imediatos no preparo de solo, com mais eficiência no realinhamento das linhas de plantio. Além disso, essa tecnologia gerou benefícios que se estendem a todo o ciclo de cultivo do eucalipto, tanto nas atividades de formação, como nas de manutenção da floresta”, diz Tomás Balistiero, gerente-geral de Operações Florestais da Fibria em Mato Grosso do Sul.

Em dois anos, cerca de 25 mil hectares em Três Lagoas foram plantados utilizando o piloto automático nos tratores de preparo de solo (para definição de traçado da área e descompactação do solo) das frentes de realinhamento e implantação. A tecnologia assegura a distância ideal e o alinhamento entre as linhas de plantio – que devem ficar separadas por 3,6 metros, permitindo aproveitamento total da área. O percurso de um hectare, que levava cerca de uma hora, passou a ser feito em 54 minutos após a implantação do piloto automático.

Como Funciona

O equipamento instalado nos tratores responsáveis pelo preparo de solo funciona por meio do cruzamento da localização geográfica do trator, capturada por uma antena GPS, com o mapa de planejamento de plantio instalado no computador de bordo da máquina. Cruzando essas duas informações, o computador envia os comandos ao mecanismo de direção da máquina, conduzindo-a exatamente pelo traçado planejado.

Os operadores, que passaram por capacitação para atuar com auxílio da tecnologia, acompanham os caminhos pré-determinados em mapas que aparecem nos computadores de bordo dos painéis dos tratores, em vez de mapas impressos, como era no sistema antigo.

Com isso, os profissionais não precisam corrigir mudanças de rota – um problema comum no modo tradicional –, ficam responsáveis por menos manobras dentro da área de cultivo e conseguem concentrar a atenção em outros detalhes da operação, como o funcionamento correto do subsolador (equipamento acoplado ao trator, usado para o preparo do solo em profundidade) e velocidade do veículo.

Além da melhoria no processo de preparo da terra, o piloto automático garante ainda evolução em outras etapas do ciclo de cultivo, que tem duração de sete anos. As máquinas para plantio e irrigação também podem receber as informações sobre o caminho percorrido no preparo, assim como os trabalhos de combate a pragas, adubação e capina são facilitados a partir da utilização dos dados coletados durante o processo.

Floresta Inteligente

A partir de um diagnóstico, a Fibria estruturou a gestão de iniciativas de digitalização no Projeto Floresta Inteligente, liderado pela área Florestal. Foi criada uma arquitetura de coleta, comunicação, análise e disponibilização de dados, em que todas as ações de novas tecnologias são centralizadas no Projeto Floresta Inteligente.

São quatro frentes de implementação de novas tecnologias: plantio (silvicultura), colheita, logística de madeira e análise sistêmica de dados. Mais de 50 projetos já foram implementados até o momento.

 

Sobre a Fibria

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos a partir da floresta plantada. Com capacidade produtiva de 7,25 milhões de toneladas de celulose por ano, a companhia conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), além de Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-operation com a Stora Enso. A companhia possui 1,092 milhão de hectares de florestas, sendo 656 mil hectares de florestas plantadas, 374 mil hectares de áreas de preservação e de conservação ambiental e 61 mil hectares destinados a outros usos. A celulose produzida pela Fibria é exportada para mais de 35 países e matéria-prima para produtos de educação, saúde, higiene e limpeza. Saiba mais em www.fibria.com.br

Informações à Imprensa:

Performa Comunicação

Luciana Navarro | luciana.navarro@performa.com.br | 12 9 9679-8423

Fernanda Turco | fturco@performa.com.br | 12 98158-4205